“Ratinho e o Muro Vermelho”: uma história sobre os muros que criamos ao nosso redor

Ratinho e o Muro Vermelho

de Britta Teckentrup; Tradução: Catarina Florindo

edição: Edicare Editora, agosto de 2018  ‧  isbn: 9789896796228

Ver:

https://vimeo.com/285500520

Uma  história  maravilhosa com ilustrações fantásticas! Ideal para pré-escolar e leitura autónoma de 1º e 2º ano de escolaridade.

 

SINOPSE

Está é uma história sobre os muros que criamos ao nosso redor! Este Ratinho era muito curioso e queria saber o que estava para lá do muro, enquanto os seus amigos nem queriam falar nisso…. «O que estará para lá do grande muro vermelho?», pensava.

 

Uma história maravilhosa e inspiradora, sobre enfrentar os medos, descobrir a liberdade e abraçar a mudança, em nós e no mundo. Um livro com questões intemporais, essencial para todas as idades.

«Aos destemidos – e a um mundo sem muros.»

Britta Teckentrup | Ilustradora/autora alemã galardoada;

fábula com discurso simples; temáticas pertinentes e intemporais:

 medo, liberdade, coragem, amizade e a capacidade de questionar os porquês.

 

Em jeito de reconto: 

O Ratinho não parava de pensar no Muro Vermelho, e não conseguia só ficar pelas palavras dos seus amigos animais!

O Ratinho tomou uma decisão, depois de pensar muito.

– Eu vou ultrapassar o Muro! – Exclamou o Ratinho.

Então, foi para a sua casa, reuniu algumas coisas como uma lanterna e mantimentos e seguiu em frente! Não olhou para trás nem para os seus vizinhos!

Então, começou a escalar, com um frio na barriga, e nervosíssimo, mas com a Adrenalina e o entusiasmo dos pés à cabeça!

Até que chegou! Mas  com os olhos fechados não tinha coragem de ver o que estava para lá do Muro Vermelho.Olhou para trás e viu, talvez pela última vez, a sua cidade cinzenta e sem alegria. Decidiu então olhar  para a frente: abriu os olhos e ficou espantado!

Era uma… uma cidade muito colorida e alegre, cheia de pessoas a sorrir e que já tinham encontrado a Felicidade!

O Ratinho pôs os pés no relvado e sentiu uma Alegria que nunca havia sentido antes!

Foi ter com um pássaro que lá vivia e disse que vinha do outro lado do Muro Vermelho e que era a primeira vez que visitava a “Cidade Colorida”.

O Passarinho, com a testa franzida, perguntou de que muro é que o Ratinho estava a falar. O Ratinho olhou para trás e o Muro Vermelho já não estava lá.

Então, o Ratinho percebeu que o Muro Vermelho nunca existira, mas ele é que não estava preparado nem seguro para ver o que está para lá do Muro!

 Era só seguir em frente e enfrentar os problemas, isso é o que representa o Muro Vermelho.

 Quando ultrapassamos os problemas ou as realidades de que não gostamos, nunca chegamos à Felicidade!

Então, o Ratinho foi chamar os amigos, que só precisavam de um amigo ou de uma força para passar o Muro! Eles descobriram a Felicidade, mas o Leão não foi, porque não estava preparado mentalmente!

Temos de enfrentar os nossos problemas para destruir o Muro e encontrar a Liberdade!

 

 

(Visited 321 times, 1 visits today)

Sem comentários ainda.

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *