As minhas “dores” no(s) momento(s) de avaliação…

Depois de mais três décadas de trabalho na Escola, ainda continuo a sentir uma "dorzinha na barriga" cada vez que analiso e avalio o trabalho escrito de cada um dos meus alunos, sabendo das suas "outras"competências tão ou mais importantes do que os seus registos escritos. Para mim, é na "relação professor-aluno" que se define uma ...

Avaliação formativa: algumas notas

Em tempo de avaliação (intercalar) (re)penso no(s) seu(s) conceito(s), nos seus paradigmas históricos e conceptuais... «A aposta essencial da avaliação formativa é tornar o aluno actor da sua aprendizagem; nesta perspectiva a avaliação formativa é interna ao processo; é contínua, analítica e mais centrada sobre o aprendente do que sobre o produto acabado» (Adaptado de B. Petitjean in Avaliação formativa: algumas notas In: ...

“Há saberes…”

Ver: https://terrear.blogspot.com/2019/01/saberes-de-inovacao.html Há saberes inúteis. Há saberes que regulam e impulsionam a acção social e educativa. Saberes que transformam para melhor as realidades. São saberes de acção, de inovação.   Saber dar tempo ao tempo mas agindo para que cada actor evolua para a “zona do seu desenvolvimento próximo”;   Saber gerir o lugar de todos os actores no quadro organizacional de modo a que cada um possa retirar benefícios, em ...

2019 – Ano Nacional da Colaboração

O que é cooperação e como se pode explicar a uma criança o que significa colaborar? Uma grande questão que importa ser devidamente refletida em contexto escolar. A cooperação ou colaboração é a tarefa de ajudar e servir, de uma maneira desinteressada aos demais. Para que as crianças sejam pessoas colaboradoras e cooperantes é necessário que ...

1º dia de aulas – 2018/2019 – “O Ambiente no nosso coração”

  Primeiro dia de aulas, os alunos  elaboraram a sua prendinha de início do ano letivo 2018/2019.    Atendendo ao tema do Projeto Educativo de Agrupamento de Marrazes (em articulação com o Projeto Concelhio Municipal de Leiria: Ambiente. Pintaram e registaram as palavras-chave no seu "coração", tendo recebido como um "miminho" da Escola um lápis de carvão para ...

“CATIVAR” – Faculdade de Psicologia – Universidade de Lisboa

O encerrar de um "ciclo de vida e de aprendizagens"...foi um trajeto pedagógico de quatro anos no Agrupamento de Escolas de Marrazes - Leiria; "abracei" as responsabilidades a que me propus neste projeto "fora da caixa"; fui uma "agitadora" de consciências pedagógicas... tentei "tocar" na mente e no coração de alunos e professores... Foi um ...

O pensamento reflexivo…promover para mudar

"O pensamento reflexivo é a capacidade de olhar para o passado e desenvolver compreensão e insights sobre o que aconteceu e usar essa informação para desenvolver uma compreensão mais profunda ou para escolher um curso de ação. Muitos podem acreditar que o pensamento reflexivo é uma parte natural do aprendizagem. No entanto, sempre me surpreendi com o ...

Tempo de refletir…

É essencial  que cada docente reflita e clarifique  qual é a sua imagem de aluno (criança) e como esta se traduz na sua prática profissional. E porque há sempre alguma distância  entre o que pensamos e o que fazemos, este início de reflexões que farei a partir de hoje envolve um questionamento permanente sobre a ...

XIV sessão do CATIVAR – Um crocodilo ternurento que só visto

«Há já uns dias que o Crocodilo não pára quieto, sempre de um lado para o outro. Umas vezes está cheio de frio, outras vezes está cheio de calor, umas vezes está desolado e triste, outras vezes está tão contente que lhe apetece abraçar o mundo inteiro. Não há que enganar: o Crocodilo está apaixonado…» ...

Uma sessão do CATIVAR: algumas vivências

Questionada por muitos dos meus visitantes sobre a metodologia das sessões do CATIVAR e na impossibilidade de responder a todos os interessados (nacionais e brasileiros), deixo aqui evidências da 1ª parte da sessão: realização de exercícios de atenção plena (Mindfulness) individual e a pares. Nestas evidências (numa das dezasseis turmas) surge o "peixinho laranja" que ...