“Filosofia Ubuntu” – “Eu sou porque nós somos.”

Ubuntu, lenda africana sobre a cooperação

História africana sobre o valor da cooperação para as crianças

 

A lenda fala de cooperação e de que como colaborando se consegue a igualdade, a harmonia e com a harmonia a felicidade.

Ubuntu é uma filosofia de vida que se baseia nos princípios da lealdade, humildade, empatia e o respeito. Sem dúvida essa lenda transmite-nos uma fantástica lição para crianças e adultos.

“Um antropólogo visitou um povoado africano. Ele quis conhecer a sua cultura e averiguar quais eram os seus valores fundamentais. Assim que lhe ocorreu uma brincadeira para as crianças. Ele colocou um cesto de frutas perto de uma árvore. E disse o seguinte às crianças:

– A primeira que chegar à árvore ficará com o cesto de frutas.

Mas, quando o homem deu o sinal para que começasse a corrida em direção ao cesto, aconteceu algo inusitado: as crianças deram as mãos umas as outras e começaram a correr juntas. Ao chegarem ao mesmo tempo todos desfrutaram do prêmio. Eles se sentaram e repartiram as frutas.

O antropólogo lhes perguntou por que tinham feito isso, quando somente um poderia ter ficado com todo o cesto. Uma das crianças respondeu:

– ‘Ubuntu’.  Como um de nós poderia ficar feliz se o resto estivesse triste?

O homem ficou impressionado pela resposta sensata desse pequeno. Ubuntu é uma antiga palavra africana que na cultura Zulu e Xhosa significa ‘Sou quem sou porque somos todos nós’. É uma filosofia que consiste em acreditar que cooperando se consegue a harmonia, já que se consegue a felicidade de todos.

Ubuntu pra você!”

 

Nós, os adultos, precisamos de refletir sobre esta filosofia tão necessária aos dias atuais:
“Na tentativa da tradução para o português, ubuntu seria “humanidade para com os outros”. Uma pessoa com ubuntu tem consciência de que é afetada quando seus semelhantes são diminuídos, oprimidos”.
Contextualização: Foi com a fotografia que André François descobriu seu verdadeiro talento para se comunicar e inspirar pessoas. Ele visitou 15 países ao longo de 10 anos e compartilha alguns aprendizados desta jornada. André François é fotógrafo há 30 anos. Criou a OSC ImageMagica em 1995 com a intenção de usar a fotografia como uma ferramenta de desenvolvimento humano.
Desde 2006, André se dedica ao registro da saúde com o objetivo de sensibilizar pessoas e provocar mudanças. Publicou 6 livros sobre o tema e atualmente finaliza seu projeto mundial Ubuntu – Eu sou porque nós somos. Para este projeto, André visitou 15 países ao longo de 10 anos.

Uma sociedade sustentada pelos pilares do respeito e da solidariedade faz parte da essência de ubuntu, filosofia africana que trata da importância das alianças e do relacionamento das pessoas, umas com as outras. Na tentativa da tradução para o português, ubuntu seria “humanidade para com os outros”. Uma pessoa com ubuntu tem consciência de que é afetada quando seus semelhantes são diminuídos, oprimidos. – De ubuntu, as pessoas devem saber que o mundo não é uma ilha: “Eu sou porque nós somos”. Eu sou humano, e a natureza humana implica compaixão, partilha, respeito, empatia – detalhou em entrevista exclusiva ao Por dentro da África, Dirk Louw, doutor em Filosofia Africana pela Universidade de Stellenbosch (África do Sul).

Saiba mais sobre Dirk Louw em: https://philpeople.org/profiles/dirk-jakobus-louw

(Visited 66 times, 1 visits today)

Sem comentários ainda.

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *