Sugestão de um plano de aula…trabalhar os valores na escola

0 Sem etiqueta Endereço 2

Plano de Aula:

Fábulas: O Ratinho do Campo e o Ratinho da Cidade

1- CONSIDERAÇÕES INICIAIS

A infância é o melhor momento para o indivíduo iniciar sua emancipação mediante a função liberatória da palavra. É entre os oito e treze anos de idade que as crianças revelam maior interesse pela leitura.
A Literatura Infantil deve fazer parte da rotina de adultos(pais) e crianças, tanto na escola quanto em casa. Por meio da Literatura Infantil podemos levar nossas crianças para qualquer lugar, mágico ou real.


2- DESENVOLVIMENTO

Plano de Aula

Objetivo Geral
Desenvolver, através de fábulas, momentos de descontração e criatividade na leitura, interpretação, criação artística e produção de textos escritos.

Objetivos específicos
•   Proporcionar aos alunos, condições de conhecerem e valorizarem os clássicos da literatura infantil e seus criadores;
•    Promover momento de leitura e escrita em sala de aula;
•    Possibilitar a troca de informações entre os alunos;
•    Desenvolver a percepção das várias versões de textos;
•    Trabalhar com a oralidade dos alunos;
•    Introduzir através das fábulas, conceito de valores morais, ética e cidadania;
•    Refletir com os alunos os valores que são transmitidos através das fábulas.


Recursos materiais
:
•    Quadro-giz;
•    Livros de fábulas;
•    Computador com DVD+ Projetor;
•    Écran  

Cronograma

1° Momento – Acolhimento (Os alunos serão recebidos com muita alegria e em seguida nos apresentaremos e diremos nosso objetivo naquela aula)

2° Momento  – Neste momento, será explicado aos alunos a definição de FÁBULAS, para que servem qual é o objetivo deste  tipo de produção textual.

“As fábulas são pequenas histórias que transmitem uma lição de moral. As personagens das fábulas são geralmente animais, que representam características típicas dos seres humanos, como o egoísmo, a ingenuidade, a esperteza, a vaidade, a mentira. A fábula é uma das mais antigas formas de narrativa. A fábula se divide em 2 partes: a história e a moral.”

 3° Momento  –  Os alunos poderão ouvir ou assistir ao vídeo da fábula: http://www.youtube.com/watch?v=b0_Mbp9brR8&feature=related, ou 

http://www.youtube.com/watch?v=FnJ6yemAz1c&feature=related, ou
http://www.youtube.com/watch?v=j7v0nldFSFA&feature=related

O Ratinho do Campo e o Ratinho da Cidade. 
Alice Vieira 

Um dia um rato do campo convidou o rato que morava na cidade para ir visitá-lo. O rato da cidade foi, mas não gostou da comida simples que lhe foi oferecida. Chamou então o rato do campo para acompanhá-lo na volta à cidade, prometendo mostrar-lhe o que era uma “boa vida”.
E lá se foi o rato do campo para a cidade, onde ele lhe foi apresentada uma despensa repleta de iguarias como queijo, mel, cereais, figos e tâmaras. Resolveram começar a comer na mesma hora, mas, mal haviam iniciado, a porta da despensa se abriu e alguém entrou. Os dois ratinhos fugiram apavorados, e se esconderam no primeiro buraco apertado que encontraram. Quando acharam que o perigo tinha passado, e iam saindo do esconderijo, mais alguém entrou na despensa, e foi preciso fugir de novo. A essas alturas, o ratinho do campo já estava muito assustado e decidiu voltar para casa, onde podia comer em paz a sua comida simples.
                                       

Moral – Mais vale uma vida modesta com paz e sossego que todo o luxo do mundo com perigos e preocupações.

Obs: As fábulas possuem várias versões, vai depender do autor, contudo a moral permanece a mesma, ou seja, muda-se a forma de contar uma mesma história, mas o conteúdo principal permanece intato.

Em seguida deverá ser explorado a temática da fábula, o questionamentos é fundamental para verificar a percepção dos alunos da mensagem veiculada.

 –  Por que o rato do campo foi convidado para morar na cidade?
 –  Por que o rato do campo voltou para sua casa no campo?

       
4° Momento: – Uma sugestão final: sortear livrinhos entre os alunos da turma e propôr que expliquem a moral da fábula aos colegas.
      

AVALIAÇÃO 
Durante a preparação e a realização da atividade é possível avaliar o nível de leitura e de compreensão textual em que cada aluno está. Além de observar a interação entre a turma, o professor tem a possibilidade de instigar o gosto pela leitura naqueles alunos que ainda não se identificou com nenhum gênero textual.


3- CONSIDERAÇÕES FINAIS

Trabalhar com fábulas, na sala de aula, é muito estimulante; contudo, o professor tem de  trabalhar os pontos chaves de uma produção textual deste gênero e, não esquecer, o fundamental: implementar, através da literatura infantil, os valores éticos . 

Emília Silva – 2014/2015
(Visited 8.780 times, 1 visits today)

Sem comentários ainda.

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *