“Mindfulness”…um caminho a seguir na autorregulação

Os tempos que vivemos podem forçar-nos a pôr em pausa os nossos desejos e projetos e fazer questionar o futuro. Perante mudanças significativas, a angústia, o medo e o sofrimento podem tornar-se dominantes nas nossas vidas.

Para reencontrar(mos) o caminho para a estabilidade na sala de aula tenho implementado a prática de meditação mindfulness, num proces

so de autoconhecimento de cada aluno e consequente autorregulação nos levar ao encontro da compaixão, do altruísmo, da bondade e da generosidade.

A meditação serve para acordar em nós qualidades mentais benéficas e processos naturais de autorregulação e autoconhecimento. Mas, da mesma forma que não existem duas respirações iguais, também não existem processos iguais.

O importante é encontrar(mos), através da meditação, o equilíbrio para lidarmos cada vez melhor com a adversidade. Depois de dois anos letivos, atípicos, com reflexos acentuados nas aprendizagens escolares e de vida. Termino mais um ano com a certeza que terei de apropriar-me com as “ferramentas” mais adequadas no que diz respeito à implementação do “bem estar”  dos meus alunos. Para tal, necessito de fazer mais leituras reflexivas e agir com coerência pedagógica.

 

 

 

 

 

Saiba mais em:

 

 

The Mindful Education Workbook Lessons For Teaching Mindfulness To Students de Daniel Rechtschaffen

https://www.wook.pt/livro/the-mindful-education-workbook-daniel-rechtschaffen/16719516

 

(Visited 46 times, 1 visits today)

Sem comentários ainda.

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *