Inteligência Emocional nas escolas – um artigo do “Educare”

 

Andreia Lobo apresenta-nos um artigo assaz interessante sobre os “Programas para ensinar competências emocionais”.

 

No seu artigo, no “Educare” de outubro de 2017, refere que os especialistas em inteligência emocional, uma área da Psicologia, garantem que ensinar os alunos a conhecerem e a regularem as suas emoções é a melhor forma de potenciar resultados escolares e resolver problemas de indisciplina.

 

“Há uma grande necessidade a ser preenchida com a IE nas escolas”, constata John Pellitteri. Mas “para ter professores e diretores de escolas envolvidos nestas questões é preciso mudar o seu estado de espírito”, alerta. “Têm de perceber que as emoções são importantes e não podem ser ignoradas. Só depois se pode começar a pensar em incorporar estes programas nas nossas escolas.”

 

Há muito espaço para a educação socio emocional nas escolas portuguesas.

Um programa ao nível nacional “ajudaria muito”, garante Luísa Faria acrescentando que “a evidência científica da psicologia tem demonstrado que a inteligência emocional é fundamental para que as pessoas possam ser mais felizes, produtivas, integradas e capazes de transformar os seus contextos de vida”.

Ler mais em:

https://www.educare.pt/noticias/noticia/ver/?id=126904&langid=1

(Visited 179 times, 1 visits today)

Sem comentários ainda.

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *