Dia Mundial do Professor: três “apontamentos”…uma só voz!

Dia Mundial do Professor

Desde 1994 que a UNESCO chama a atenção para a importância social da profissão docente e para a necessidade da sua dignificação, como condição essencial para a valorização da escola e da educação. Este ano, o Dia Mundial do Professor é celebrado sob o tema “Professores: Líderes em situações de crise que constroem o futuro”.

 

  • Do Diário de Sebastião da Gama:
“Não sou, junto de vós, mais que um camarada um bocadinho mais velho. Sei coisas que vocês não sabem, do mesmo modo que vocês sabem coisas que eu não sei ou já esqueci. Estou aqui para ensinar umas e aprender outras. Ensinar, não. Falar delas. Aqui e no pátio e na rua e no vapor e no comboio e no jardim e onde quer que nos encontremos.”
  • “Um professor nunca despe a camisola. É professor para toda a vida.(…) um professor não é apenas alguém que ensina. É muito mais do isso. É estar presente e acompanhar muitos momentos que marcam o crescimento de crianças e jovens. É transmitir valores, princípios, matérias importantes na vida dos mais pequenos que serão adultos amanhã. “Os professores estão imbuídos de uma responsabilidade permanente na construção de cada identidade, valores e princípios, e na preparação de uma cidadania global”, refere. Ser professor é, acrescenta, “ter os cinco sentidos sempre em alerta”. “Vale a pena ser professor”, garante, numa frase que em seu entender, deveria ser escrita em “letras maiúsculas, garrafais”.
                                                        de Paula Carqueja, presidente da Associação Nacional de Professores (2012, Educare)
  • “Os professores: sal da terra, luz da humanidade” do Professor José Matias Alves (Universidade Católica)

“Sem professores, nenhuma outra profissão existiria. Sem professores, a herança científica, tecnológica e artística tenderia a desaparecer. Sem professores, a vida social e cultural ficaria mergulhada num deslaçamento caótico.”

Ler o artigo integral em:
                                                                                             Bo@ leitur@!
(Visited 21 times, 1 visits today)

Sem comentários ainda.

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *