Pai+Filho(s)=Amor

As palavras são poderosas, e ler uma história sobre as relações entre pais e filhos em conjunto com a sua referência masculina é uma ótima forma de comemorar o Dia do Pai e cimentar laços, neste e em todos os outros dias.

  

Algumas sugestões:

                                                  “O Pai mais horrível do Mundo“,

                                                de João Miguel Tavares

  O autor inspirou-se no seu filho Gui para retratar o mais antigo conflito doméstico: a vocação dos filhos para fazer asneiras e o esforço dos pais para os educar e proteger.

 Com belíssimas ilustrações de João Fazenda, este é o livro ideal para todos os miúdos que acham os pais uns grandes chatos, e para todos os pais que ainda assim conseguem manter o sentido de humor.

 

 

“Pê de Pai“,

de Isabel Martins

 Um pai é mesmo uma pessoa muito especial. Capaz de se dobrar, desdobrar, encolher e esticar, um pai transforma-se, num passe de mágica, nos objetos mais incríveis.  Ou será que nunca repararam nos pais transformados que andam por aí?

 Pais-cabides, pais-ambulâncias, pais-aviões, pais-sofás, pais-escadotes, pais-travões… Basta abrir os olhos e observar.

 Um livro que olha de perto a relação de cumplicidade entre pai e filho e que os convida a descobrirem-se juntos ao virar de cada página.

 

 

 

O meu papá é grande, é forte, mas…,

de Coralie Saudo

  Todas as noites é sempre a mesma coisa. Este papá de gravata e com um ar exausto não quer ir para a cama e faz uma grande birra antes de se ir deitar. Por fim, depois de muitas negociações e de voltas e mais voltas pela casa toda, lá se consegue levá-lo. Mas ainda é preciso ler-lhe um livrinho antes da fatídica pergunta do costume: «Alexandre, meu filho, posso dormir na tua cama?»

 Nesta história contada ao contrário, a inversão dos papéis diz-nos que um pai pode ser realmente grande e forte – como se constata no exercício de puro deleite em que consiste a visualização das ilustrações -, mas nem por isso deixa de precisar de colo ou de ter medo do escuro.

 

 

Boas Leituras ….com muito afeto!

 

 

(Visited 181 times, 1 visits today)

Sem comentários ainda.

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *