“O Homem Que Plantava Árvores “: uma história inspiradora

Em tempos de reflexão, devido ao confinamento por causa do Covid-19, sugiro:

O Homem que Plantava Árvores, é uma narrativa muito simples que pretende transmitir uma mensagem também ela simples e muito importante para a nossa vida e para a vida em geral.

Damos conta de dois homens – um é capaz de “transformar” o mundo com a sua atitude, o outro observa o resultado e reflete sobre o mesmo. Esta reflexão leva a que o leitor também reflita e levante questões…

Uma história que costumo trabalhar com os alunos do 4º ano de escolaridade com a finalidade de dialogar sobre os valores, atitudes, vontades, objetivos…sobre como os atos de uma pessoa, ainda que isolados, podem fazer a diferença e mudar o mundo à sua volta.

SINOPSE

Jean Giono escreveu este conto lendário nos anos 50 do século XX, com a esperança de desencadear um programa de reflorestação a nível mundial que promovesse a regeneração do planeta. Uma mensagem muito à frente do seu tempo.

Inspirado em acontecimentos verdadeiros, traduzido em diversas línguas e largamente difundido pelo mundo inteiro, O Homem Que Plantava Árvores é uma história inesquecível sobre o poder que o ser humano tem de influenciar o mundo à sua volta.

Conta a história de um homem bom e simples, o pastor Elzéard Bouffier que, em total sintonia com a natureza, faz crescer uma floresta onde antes era uma região árida e inóspita.

Confinado ao seu isolamento por opção este homem era feliz em “semear” sem buscar nada em troca. Com as suas próprias mãos e uma generosidade sem limites, desconsiderando o tamanho dos obstáculos, faz, do nada, surgir uma floresta inteira – com um ecossistema rico e sustentável.

As sementes por ele plantadas representam a esperança de que podemos deixar para trás um mundo mais belo e promissor do que aquele que herdamos.

 

Aconselho este livro ao público com idades compreendidas entre os 8 e os 88(+)anos. Acredito plenamente que todos os que acabam de ler este livro ficam imediatamente com a vontade/desejo de ir plantar uma árvore, de fazer a sua parte, fazer a diferença… e irão olhar para a natureza de uma forma completamente diferente…

Inspiremo-nos no incansável pastor que transforma montes hostis numa magnífica floresta.

 

Para ver com atenção uma animação delicada e única, vencedora dum OSCAR de filme curto de animação, é um tributo ao trabalho árduo e à paciência.

https://www.youtube.com/watch?v=0t8cXIbpuPI

 

 

 

(Visited 122 times, 1 visits today)

Sem comentários ainda.

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *