Alguns motivos para utilizar o “mindfulness” em contexto escolar

0 Sem etiqueta Endereço 0
Os desafios que as Escolas têm de responder diáriamente não param de mudar. A extrema burocracia, o excesso de carga letiva, as turmas grandes, as escolas maiores, a indisciplina e o desinteresse dos alunos, são só alguns exemplos. 
Ao mesmo tempo as Escolas têm também diáriamente a oportunidade de inspirar milhares de jovens e crianças e proporcionar-lhes o espaço para aprenderem novas competências e conhecimentos, para se relacionarem e ensaiarem o que é Ser, Estar e Viver em sociedade.Responder a estes desafios requer muita presença, cooperação e criatividade da parte dos docentes.
Oferecer aos alunos e restante comunidade educativa recursos inovadores para lidar com os desafios do dia-a-dia, proporcionar ao ambiente escolar maior satisfação e bem-estar e potencializar as capacidades intrínsecas de cada aluno é mais desafio para a ESCOLA.


O que é “Mindfulness”???
Mindfulness ou atenção plena é a nossa capacidade de estar no momento presente com curiosidade, aceitação e sem julgamentos. É estar consciente e ciente do que estamos a experienciar agora no nosso corpo, nos nossos pensamentos, nas nossas emoções e no mundo à nossa volta. Esta prática ajuda-nos a lidar de uma forma mais eficaz com os desafios do dia-a-dia, com o stress, ansiedade e emoções que impedem o nosso bem-estar.
O Mindfulness é utilizado desde a década de 70 como prática terapêutica em diversos contextos (saúde, empresas, educação) e tem demonstrado resultados positivos comprovados no aumento do bem-estar físico e psicológico.A investigação em neurosciências comprova a utilidade deste tipo de abordagens na Educação (cf Dan Siegel “The Whole Brain Child”). O recurso a programas de Mindfulness nas Escolas tem o potencial de melhorar o desempenho académico, a saúde mental e as relações inter e intra-pessoais.
 A avaliação deste tipo de programas revela:


* Aumento da capacidade de atenção e concentração;

* Aumento da regulação emocional (ser capaz de se acalmar mais depressa em situações de stress e lidar de uma forma construtiva com emoções fortes);

* Aumento da compaixão e empatia por si próprio e pelos outros;

* Ajuda no processo de tomada de decisão e resoluções de conflitos;

* Aumento da saúde e bem-estar.





Emília Silva – 2014/2015
(Visited 175 times, 1 visits today)

Sem comentários ainda.

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *