O porquê do uso do Mindfulness?

 

Na EB de Casal dos Claros (AE de Marrazes), os alunos revelaram as suas capacidades de atenção e concentração…abstraindo-se dos sons fortes do trânsito terrestre e aéreo.

A sua evolução é francamente positiva!

A implementação destas técnicas ao princípio causaram estranheza, risos da parte dos alunos…com o passar do tempo, ficaram mais conscientes do que se passa à sua volta e controlaram a sua atenção com maior firmeza.

A minha opção de utilização deste gênero de exercícios, enquanto mentora e dinamizadora do Projeto “CATIVAR, foi firmemente estruturada nos estudos científicos internacionais e nacionais e consubstanciada em formação contínua de docentes.

Deixo aqui alguns apontamentos para os leitores deste blog:

 

 

“Gosto de ver o mindfulness como a capacidade de estar presente”, começa por dizer Vasco Gaspar, autor do livro Aqui e Agora (edição Matéria-Prima). “É o estar consciente do que se passa à nossa volta, das emoções, do nosso corpo”, continua o licenciado em Psicologia do Trabalho e das Organizações pela Universidade de Coimbra e ainda professor certificado no Search Inside Yourself, programa de mindfulness desenvolvido e testado na Google. A arte em questão — se assim a pudermos chamar — é simples na sua definição, difícil na prática. Afinal, quantas vezes conseguimos efetivamente desligar a nossa corrente de pensamentos e concentrarmo-nos apenas no que está ao nosso redor? É como o hábito recorrente de conduzir em piloto automático, sem dar conta do caminho, ou andar nos transportes públicos sem nunca nos apercebermos das pessoas com quem nos cruzamos. E porque é tão importante fazer o inverso? Porque “toda a nossa vida acontece agora, no presente”.

O mindfulness é, então, um treino mental que ensina as pessoas a lidarem com os seus pensamentos e emoções. Ajuda uma pessoa a distinguir o pensamento útil daquele inútil que, em determinadas circunstâncias, chega a ser prejudicial.

Praticando atenção plena. Corpos conscientes. Respiração consciente. Apenas seja.

(Visited 38 times, 1 visits today)

Sem comentários ainda.

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *