O Sonho, de Sebastião da Gama

0 Sem etiqueta Endereço 0

“Pelo Sonho é que vamos,

comovidos e mudos.

Chegamos? Não chegamos?

Haja ou não haja frutos,

pelo sonho é que vamos.

 

Basta a fé no que temos,

Basta a esperança naquilo

que talvez não teremos.

Basta que a alma demos,

com a mesma alegria,

ao que desconhecemos

e do que é do dia-a-dia.

 

Chegamos? Não chegamos?

– Partimos. Vamos. Somos.”

 

 

Sebastião da Gama

in Pelo Sonho é que Vamos (1953)

 

 

(Visited 1.319 times, 1 visits today)

Sem comentários ainda.

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *