Uma sugestão de leitura…”O menino de Cabul”

A obra “O Menino de Cabul”, um livro de 2003, escrito pelo médico e romancista afegão Khaled Hosseini é uma sugestão de leitura para ler e reler. Este livro é recomendado para o Ensino Secundário como sugestão de leitura. É uma história angustiante, poderosa e mostra o contraste e a fragilidade da civilização humana que através de convicções políticas e religiosas impedem a dignidade e liberdade humana de poder voar mais alto.

Khaled Hosseini escreve de uma forma arrebatadora e dilacerante. Tem o dom de provocar as nossas maiores emoções e esta é uma história que não irei esquecer facilmente, porque nos fala de amizade, lealdade, culpa, amor, perdão, segundas oportunidades, arrependimento e redenção.

Leia a SINOPSE.

Apetece-me contar todos os pormenores desta incrível história, mas isso seria contraproducente na vossa leitura contudo deixo-vos algumas ideias (reflexivas) para aguçar a vossa curiosidade, as quais poderão ou não ser corroboradas:

  • Amir e Hassan cresceram juntos, apesar das diferenças sociais que os separavam. Amir era de boas famílias e Hassan de uma etnia afegã diferente (Mongóis) o que não lhe permitia aprender a ler e a escrever, já que eram considerados inferiores na comunidade.
  • A amizade era tão forte que Hassan era capaz de dar a vida pelo amigo, apesar das suas diferenças. Hassan era leal e corajoso e Amir, cobarde e fraco, ambicionava ganhar a competição de papagaios de papel que acontecia em Cabul todos os anos, com o simples propósito de impressionar o pai.
  • O lançamento de papagaios era algo de muito importante para todos os habitantes que viam os céus de Cabul encher-se de cor e animação. Contudo num desses concursos de papagaios tudo muda, e as vidas dos dois muda drasticamente. Quando Hassan precisa de Amir, ele  revela a sua  cobardia e vira-lhe as costas sendo o primeiro ato de traição dele. A partir desse dia, Amir começou a carregar a culpa dos seus atos pelo resto da sua vida.
  • Neste fantástico enredo e testemunho histórico, o voo do papagaio  é uma  alegoria à liberdade. Liberdade que não foi duradoura e que transformou o Afeganistão num país dominado pela guerra. Fazendo uma analogia à amizade que foi destruída também a “normalidade” do Afeganistão foi afetada pela desumanidade da guerra… agosto de 2021 constatamos perplexos um “remake”
  • “A vida é um comboio… Não o percas”. Este livro fala-nos de como uma ação pode condicionar a nossa vida e a dos outros e que “Quando contamos uma mentira, roubamos a alguém o direito da verdade”.
  • É um romance poderoso, que nos demonstra o verdadeiro sentido da amizade e sacrifício, em que as personagens se definem pelas suas ações.

Leiam e emocionem-se!

Visualizem:

https://www.youtube.com/watch?v=kooOeIt5vtc

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(Visited 38 times, 1 visits today)

Sem comentários ainda.

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *