“O Dia em Que me Tornei Pássaro”…um desafio

Num webinar “Os livros, as emoções e a Arte”  dinamizado pela Ana Mesquita Guimarães (The Poets and Dragons Society) (re)descobri este livro que tinha sido apresentado numa aula de Português de ” #EstudoemCasa” e fiquei, ainda mais, “cativada” e com vontade de desafiar… “desbravar” o  pensamento reflexivo e emocional dos meus alunos. 

Visionar: https://www.rtp.pt/play/estudoemcasa/p7125/e478117/portugues-1-e-2-anos

Título:
O Dia em Que me Tornei Pássaro
Autor:
Ingrid Chabbert, Raul Nieto Guridi
Ilustrador:
Elisabete Rosa Machado
Editor:
The Poets and Dragons Society

Há livros que guardamos no coração pela simplicidade, pureza e intensidade, outros pela beleza, lirismo e graciosidade Simples e de frases curtas, a narrativa na primeira pessoa possibilita uma intimidade com o leitor, partilhando com ele o maior dos segredos – o amor. Intensa e comovente a história do menino que se apaixona, pela primeira vez.

 

O protagonista desta história simples e muitíssimo expressiva é um menino de coração terno que se apaixona pela primeira vez no primeiro dia de escola.

“no dia em que começou a escola, apaixonei-me. era a primeira vez” 

Eles estão na mesma turma e ela senta-se à sua frente. Ele não tem olhos para mais nada, mas ela nem o vê.

 

Candela é apaixonada por pássaros, observa-os na natureza e cuida deles quando estão feridos.

 

A voz do menino como narrador é realista e cativante pois ele partilha o que lhe vai no coração de forma simples e honesta.

“Quando olho para ela, esqueço tudo o resto.

Já não quero saber dos meus carrinhos,

da minha bola de futebol, nem de coisa nenhuma.

E também já não olho para os pássaros como antes.”

 

Um dia, o menino apaixonado resolve ir para a escola disfarçado de pássaro, um grande e belo pássaro. O fato, construído pelo menino, pode ser visto a ganhar forma nas ilustrações desde a primeira página enquanto a história se começa a desenrolar devagarinho.

Não é fácil andar vestido de pássaro.  Faz calor, os colegas riem-se, jogar à bola é difícil e fazer xixi com aquele fato é complicado. Mas o menino não se importa.

Será que a Candela vai ter olhos para este pássaro tão apaixonado? – uma questão muito pertinente que dá azo a discussões revelantes e cativantes.

Sempre a aprender com os meus alunos!

 

Ver e ouvir:

https://www.youtube.com/watch?v=ZPBVO_lc5NQ

https://www.youtube.com/watch?v=StOvHzOp73c

 

 Um livro cativante para miúdos e graúdos!

(Visited 64 times, 1 visits today)

Sem comentários ainda.

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *