“Dar asas à imaginação” com Isabel Allende


“A Ninfa de Porcelana” foi publicado pela primeira vez em 1983.

SINOPSE
Esta é a história de um homem cinzento, cuja vida dá uma reviravolta maravilhosa num dia de outono: conheceu alguém. Mas não é um alguém qualquer. É uma ninfa chamada Fantasia, que parece decidida a dar cor à sua vida.

 

Percorrer as páginas desta mágica aventura de Isabel Allende tem sido uma prazerosa e relaxante atividade. Fui cativada por este livro na busca para a seleção de livros a adquirir para ler nesta pausa tão aguardada.

Comecei a colorir o universo de “Don Cornelio”, seguindo os seus passos, vendo com outros olhos o mundo que nos rodeia, podendo dar asas à minha imaginação e libertando a “artista” que há em mim.

A Porto Editora fez chegar a todas as livrarias A ninfa de porcelana, uma única e belíssima incursão de Isabel Allende ao mundo dos livros para colorir. As páginas do conto da autora chilena são ilustradas com o traço encantador e naïf de Ana de Lima, conseguindo transformar esta obra num objeto de culto para miúdos (9 anos) e graúdos (99 anos).

 

“Ao longo do livro, a narrativa segue Don Cornelio, um homem cinzento em todos os aspetos. Vestia um fato cinzento e todos os dias saía de casa às 08:03 em ponto, o que servia para que os seus vizinhos acertassem os relógios à sua passagem. No entanto, quando os seus caminhos de sempre se cruzam com os de Fantasia, a ninfa de porcelana, a sua vida parece destinada a mudar. Com a ajuda dos leitores e da sua imaginação, esta personagem muito especial pode, por fim, dar cor à vida de Don Cornelio.”

Saliento que os proveitos da autora correspondentes a esta obra revertem integralmente para a Fundação Isabel Allende, cuja missão é ajudar mulheres e crianças em situação de risco, revelando a grandeza humanitária da escritora.

 

https://www.pinterest.pt/pin/323977766944258021/

 

Sugestões para saber mais:

 

Bo@ leitur@…” atenção plena”!
Captivating reading 🙂 I read, reflect and soon I exist!

 

(Visited 53 times, 1 visits today)

Sem comentários ainda.

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *