Ser Criança, Ser Adulto

 

 

Ser Criança, Ser Adulto

 

 

É preferível “limitar estas conversas às crianças, porque assim os adultos pensam que não estamos a falar deles, mas estamos, porque, evidentemente, os adultos, para serem adultos, tiveram que passar pela infância. Se falássemos directamente deles, podiam-se sentir chocados com algumas das coisas que aqui dizemos, e fechavam-se. E fechavam-se, pensei eu mais tarde, porque cada adulto traz dentro de si uma criança profundamente incompreendida, e muitas vezes levamos uma vida inteira a fazer um esforço imenso para nos esquecermos de vez dessa criança. Custou-nos tantos, a todos, passarmos pela infância, que muitos de nós agora já não suportam que lhes lembrem as dificuldades, tantas vezes brutais, tantas vezes cruéis, por que tiveram que passar.” (Santos, 2000, p.15)

 

* É urgente que todo o adulto consiga dar colo à sua criança.

* É urgente que todas as crianças se façam pessoas crescidas num colo sugurizante e terno.

 

  • Santos, J. (2000). Se não sabe porque é que pergunta? Conversas com João Sousa Monteiro. Lisboa. Assírio & Alvim.
(Visited 23 times, 1 visits today)

Sem comentários ainda.

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *