A poesia… uma outra forma de ver o mundo

Amanhã, será um novo dia…um dia para dedicarmos a nossa atenção à Poesia!

O Dia Mundial da Poesia foi criado na XXX Conferência Geral da UNESCO, em 16 de novembro, de 1999. O propósito deste dia é promover a leitura, escrita, publicação e ensino da poesia através do mundo.

Dizem que “A poesia é o que alimenta a alma. Tempera o dia. Acalenta os corações, acalma. Ou agita quem precisa de folia.”

Ah… a Poesia! Mas, para ser, precisa ser lida, declamada, tirada do papel, da cabeça, do chapéu… Precisa que alguém lhe empreste a voz e o coração.

Pensando nisso, selecionei  dois pequenos poemas para ler, ouvir e cantar com as crianças.

1* Ou isto ou aquilo de Cecília Meireles

Ou se tem chuva e não se tem sol, 

ou se tem sol e não se tem chuva!

 

Ou se calça a luva e não se põe o anel,

ou se põe o anel e não se calça a luva!

 

Quem sobe nos ares não fica no chão,

quem fica no chão não sobe nos ares.

 

É uma grande pena que não se possa

estar ao mesmo tempo nos dois lugares!

 

Ou guardo o dinheiro e não compro o doce,

ou compro o doce e gasto o dinheiro.

 

Ou isto ou aquilo: ou isto ou aquilo…

e vivo escolhendo o dia inteiro!

 

Não sei se brinco, não sei se estudo,

se saio correndo ou fico tranqüilo.

 

Mas não consegui entender ainda

qual é melhor: se é isto ou aquilo.

 

2* Poema de António Manuel Couto Viana, incluído no livro “Versos de Cacaracá”.

 

 

Cantado pelos alunos do 4.º A da EB1 com JI de Santa Rita. Música original de Carlos Sêco.

Clica aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=yFyHWxWw_dk

 

(Visited 257 times, 1 visits today)

Sem comentários ainda.

Deixar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *